FDA quer prevenir que aparelhos médicos sofram ciberataques

A agência norte-americana FDA está tomando medidas preventivas com o intuito de impedir que aparelhos médicos tenham suas vulnerabilidades exploradas por ataques maliciosos.

No início deste mês, a agência elaborou um guia no qual recomenda que os produtores destes aparatos médicos reforcem a segurança destes, de modo que suas vulnerabilidades não prejudiquem a performance clínica.

Esse guia está aberto para ser comentado pelo público pelos próximos 90 dias. Espera-se que através dele o produtor dessas máquinas melhor entenda a presença e o impacto das vulnerabilidades, de forma que possam implementar uma política de divulgação coordenada destes riscos, e revolvê-los antes de quaisquer ameaças.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s